Muita gente fala de Inteligência Artificial como se ela ainda não existisse ou como se fosse algo longínquo que demoraremos muitos anos a alcançar. Mas não é verdade. A inteligência artificial já está presente.

Segundo pesquisa global feita pela Hubspot com mais de 1.400 consumidores, 63% das pessoas não percebem que já estão usando tecnologias de IA. Isso acontece porque com a Inteligência Artificial passamos a usar a tecnologia sem pensar nela, os assistentes de voz são uma prova disso.

A taxa de adoção de alto-falantes inteligentes aumentou 128% ao longo do ano passado, nos Estados Unidos. E aqui no Brasil, embora a previsão de chegada desse tipo de tecnologia, em português, seja 2019, já é possível utilizar os assistentes de voz, como o Alexa, da Amazon, em inglês, e em nossos smartphones.

Inclusive, o uso do assistente de voz do Google já vem impactando nos resultados orgânicos do buscador e as empresas precisam estar atentas à isso em sua estratégia de SEO (otimização de buscas na internet).

Leia Também: Como mecanismos de busca por voz impactam no SEO

O impacto da Inteligência Artificial para as empresas e o Marketing

A inteligência artificial tem um enorme potencial para melhorar as funções cotidianas das empresas e das pessoas. Segundo Miles Ward, diretor de Arquitetura de Soluções do Google Cloud, em entrevista para O Globo, a automação gerada pela inteligência artificial poderá tornar os profissionais mais produtivos, pois terão tempo para focar em atividades que demandem inteligência humana.

As empresas e negócios, consequentemente, também ganham. As ações de marketing e vendas passam a ser mais direcionadas e eficientes, permitindo que ocupemos o tempo descobrindo tendências e solucionando problemas para o nosso público.

As possibilidades são infinitas. E há um enorme apetite entre o público em geral para usar ferramentas de inteligência artificial. Segundo a pesquisa do Hubspot 86% estão interessados ​​em testá-las. Sendo assim, as empresas que utilizam esse interesse antecipadamente podem se diferenciar, especialmente no que diz respeito ao atendimento ao cliente.

AI_report-charts-1

O que já existe de Inteligência Artificial hoje?

Como disse no início do texto, a Inteligência Artificial está por todo lugar, nós é que ainda não a percebemos.

  • O Facebook, por exemplo, utiliza a IA para analisar todos os conteúdos denunciados à rede social.
  • O Google passou a adotar o deep learning (aprendizado profundo de máquina) em quase todos os seus serviços
  • A IBM criou o IBM Watson que vem revolucionando a interação entre máquina e homem, com aplicações sensacionais e que vêm utilizando o machine learning para que as pessoas possam fazer perguntas às máquinas, sobre obras de arte em museus, por exemplo.

O Google, Microsoft, Amazon e diversas empresas já possuem assistentes de voz que têm sido amplamente usados por usuários. Nos Estados Unidos, um relatório da National Public Media, mostra que as pessoas já usam esses assistentes em larga escala para:

  • Colocar música (60%)
  • Responder a uma pergunta (30%)
  • Falar sobre o clima (28%)
  • Contar uma piada (18%)
  • Ligar o rádio (13%)
  • Programar o alarme (13%)

E aqui no Brasil?

No Brasil, a Inteligência Artificial têm sido muito vista no atendimento ao cliente via chatbots, principalmente no site e redes sociais. E as pessoas estão abertas a esse tipo de atendimento. Segundo a Hubspot, o chat ao vivo revolucionou o atendimento, com os consumidores achando que é quase tão preferível quanto o suporte por telefone e email ao vivo – e a HubSpot acredita que os robôs de atendimento ao cliente são a próxima evolução. Um bot de serviço fornece o caminho mais curto para um visitante do site obter a resposta que ele ou ela procura.

O uso de assistentes de voz também está bastante disseminado no Brasil. Tanto para buscas no Google via celular, quanto para tarefas cotidianas. Nesse último caso, ainda em inglês. Mas já há relatos como o do jovem Gabriel Montresol, de 19 anos. que em entrevista ao O Globo revelou usar o Alexa, assistente da Amazon comprado nos Estados Unidos por U$S49. Gabriel ainda utiliza um aplicativo da Tile vinculado ao Alexa para ajudar a encontrar sua carteira e chaves, por exemplo. Existe realmente um mundo de possibilidades a serem exploradas.

Conclusão

A Inteligência Artificial já é real, inclusive no Brasil. As pessoas estão dispostas a testar e lidar com essas tecnologias e muitas vezes sequer percebem que já a utilizam, tamanha a facilidade que proporcionam em seu dia.

Para os negócios e empresas, ficam as oportunidades tanto no atendimento ao cliente, quanto em suas estratégias de marketing para criarem melhores experiências para os seus clientes.

As grandes empresas de tecnologia do mercado estão andando a largos passos e adquirindo outras empresas com o objetivo de firmar suas tecnologias e se destacar, mas existem uma infinidade de possibilidades para as empresas de todos os portes e precisamos ficar atentos para acompanhar esse movimento.

Há 10 anos os smartphones revolucionaram a vida das pessoas, agora chegou a vez da inteligência artificial. Você está pronto?

Se tiver interesse venha aprender mais com a WSI.

clique-e-inscreva-se

 

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.